Workplace from Facebook para RH: um novo marco para a mudança cultural


Você sabia que a tecnologia desempenha um papel super importante na condução do engajamento, mudança de comportamento e transformação cultural com a colaboração de todas as equipes? O Workplace by Facebook é o ambiente onde a mudança de cultura acontece verdadeiramente. Descubra com a Alest junto ao Workplace as melhores estratégias para inovar sua área de Recursos Humanos com resultados significativos para sua organização 💬


Comece sua jornada de transformação cultural com a nova estrutura de RH utilizando o Workplace em parceria com a Alest.

Digite 'transformação cultural' em um mecanismo de busca e você terá 141 milhões de resultados. Não é só que a ideia de transformação cultural é um clichê. Apontando que é um clichê é um clichê.

Mas há uma razão para essa popularidade. Todo mundo sabe que a transformação cultural é uma coisa. O que é menos conhecido é como você faz isso ou o que parece. E a questão permanece: como você constrói, sustenta e nutre uma forte cultura organizacional?

Durante muito tempo, assumiu-se que "cultura" era apenas uma coisa de RH. Mas, essa percepção está mudando. Isso porque há uma apreciação muito melhor do papel que a tecnologia desempenha na condução do engajamento e na mudança de comportamento. Aaron Levie, CEO da Box, disse: "Mostre-me sua pilha de tecnologia e mostrarei sua cultura".

Cultura é a totalidade de todas as ações que todos na organização tomam todos os dias e, quando essas ações acontecem no Workplace, acreditamos que mudanças profundas são possíveis. Mudanças no comportamento. Mudanças nos sistemas. Mudanças em toda a empresa.

Nesta série de artigos, veremos como o Workplace opera em todo o ciclo de vida de RH, desde o recrutamento e a integração até o reconhecimento e a retenção. Mostraremos como a plataforma é o motor da mudança cultural, facilitando o aprendizado compartilhado, construindo comunidades e aproximando o mundo do trabalho.



A força de trabalho em mudança

Quando é falado sobre mudança cultural, é importante manter uma coisa em mente: com certeza, existem sistemas e processos que entram em jogo, mas tudo começa com as pessoas. Os líderes culturais precisam estar ouvindo suas necessidades e expectativas.

Como Vicki Huff-Eckert, líder global da New Ventures para a PwC disse recentemente em um evento no Workplace: “Os funcionários adotam a tecnologia. Os funcionários movem o mercado. Se você não estiver liderando seus funcionários, não poderá obter as alterações adotadas de que precisa.

Quando pensamos nas pessoas que compõem a força de trabalho, temos que pensar em particular sobre a geração mais jovem. Por quê? Porque até 2020, 50% da força de trabalho será Millennials e seus comportamentos e hábitos diferem de maneiras fundamentais dos trabalhadores mais velhos. 

"Se você não estiver liderando seus funcionários, não poderá obter as alterações adotadas de que precisa."
- Vicki Huff-Eckert, PwC

Todo mundo quer se orgulhar de sua carreira. Ter um emprego proporciona autonomia, nos permite usar nossos pontos fortes e promove o aprendizado e o desenvolvimento, mas pessoas precisam de um propósito no local de trabalho - elas querem saber que estão contribuindo para uma causa maior que terá impacto além do resultado final da meta. 

Os colaboradores querem fazer parte de uma comunidade. Isso significa sentir-se pertencido e reconhecido pelos outros, o que, por sua vez, resulta em  uma temperatura motivacional positiva.


Workplace from Facebook para a área de Recursos Humanos

Então, o que tudo isso significa para você? Esses aprendizados foram transformamos no Workplace for HR Framework. Essa estrutura é uma maneira de pensar sobre o impacto que o Workplace pode gerar no ciclo de vida do colaborador. 

Quando você somar o impacto desses pilares, acreditamos que o resultado líquido será uma mudança cultural em larga escala dentro das organizações.

Acreditamos que o Workplace é onde a cultura acontece.



Esta não é uma jornada linear. Assim como nem todos os pilares terão a mesma medida de relevância para todos os negócios.

Os negócios de alto crescimento serão naturalmente mais focados no recrutamento e na integração. Enquanto as organizações com uma base de funcionários mais experiente vão querer considerar o crescimento e o desenvolvimento, juntamente com o reconhecimento e o gerenciamento de desempenho.

No restante desta série, vamos nos concentrar no início e no final do ciclo de vida do valor do funcionário - recrutamento / integração e reconhecimento. Vamos compartilhar alguns exemplos práticos para ajudá-lo a começar a trabalhar no Workplace, juntamente com algumas histórias de clientes da vida real. 

E você? Quer saber mais sobre o Digital RH junto ao Workplace? Fique atualizado de todas as tendências conosco! 😀

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.