Você sabe o que é um Chatbot?


Falamos muito sobre Transformação Digital e como as empresas têm se comportado mediante a este cenário inovador com melhores práticas e estratégias entre equipes.

Agora, falaremos sobre um dos recursos mais utilizados neste novo ambiente tecnológico: os Chatbots. E você? Conhece?


O que é um ChatBot?

Pelo nome podemos defini-lo como: um robô (robot) que conversa com as pessoas via chat. Parece fantasioso, não? Um tanto assustador conversar com uma “máquina”, mas relaxe, você não está em um filme! Os chatbots são reais e bem presentes nessa nova cultura de inovação.

Mas... Qual a funcionalidade de um Chatbot?

Como uma evolução constante entre pessoas, marcas e tecnologia, os chatbots representam a influência crescente no modo que as empresas trabalham. Áreas como Atendimento ao Cliente, Relacionamento, Comunicação Interna, Recursos Humanos, Suporte ganharam uma nova forma de otimizar seus processos com o recurso.

Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, define os chatbots voltados para comunicação externa em uma frase: “Você deveria enviar uma mensagem para uma empresa do mesmo jeito que envia para um amigo. Você deve ter uma resposta rápida e isso não deve exigir sua atenção total, como uma ligação telefônica exige. E você não deveria ter que instalar um novo aplicativo.”


Multifuncionalidades para diversas equipes

Vamos descobrir como implantá-los para a demanda do seu Público interno:

Os chatbots podem ser implementados em uma organização com vários resultados além da otimização de processos das áreas de relacionamento com o cliente. Todas as equipes têm a oportunidade de inovar suas atividades através de um chatbot. A ideia é integrar os usuários (internos e externos) e utilizar integrações técnicas à favor dos objetivos da empresa.

Grupos como Marketing, Vendas, Tecnologia, Operacional, Recursos Humanos, entre muitos outros, podem planejar chatbots de acordo com as demandas do seu time. É importante que as equipes entendam a relevância de aprimorar os procedimentos internos, tanto da organização como um todo, como também em cada setor.

O que deve ser considerado para decidir um tema de Chatbot?  

O chatbot precisa estar alinhado ao cenário da empresa e as demandas das equipes, ou seja, projetos como:


  • Expansão de Colaboradores
  • Planos Estratégicos 
  • Aumento de Capacitação
  • Otimização de Processos 

Devem ser levados em consideração para o escopo do projeto técnico. É possível até ser elaborado um checklist para definirmos o objetivo final do bot. Vamos dar alguns exemplos que se encaixam com os cenários acima, respectivamente:

1. Boas vindas

O Bot de Boas vindas é um ótimo tema para empresas com projetos de expansão de colaboradores para recepcionar os novos integrantes e os auxiliar nas trilhas de treinamentos que devem ser seguidas ao iniciar suas atividades na organização.

Aqui na Alest, nós temos Julie, a raposa, ela é nosso Bot que os novos contratados conversam para saber seus primeiros passos na empresa e assim estarem preparados para as suas devidas atividades no tempo proposto.


2. Training

Equipes bem treinadas e capacitadas possuem maior aptidão para entregar seus resultados e metas com profissionalismo. Uma empresa focada em treinar seus colaboradores e novos contratados constrói mais credibilidade publicamente, o que gera maiores números de leads por inbound e insights para o crescimento da corporação. Os chamados Training ChatBots transformam os treinamentos empresariais em um processo friendly e digital. Em uma das gamificações corporativas da Alest, tivemos o Hackaton Alest para desenvolvermos ChatBots para a empresa conforme as demandas principais. O objetivo do desafio era de aproximar todos os colaboradores para todos terem uma experiência nas plataformas de desenvolvimento de Bots. Um dos times desenvolveu o Bibliotecão, o cachorro que fareja conteúdos internos dentro da Alest. Com este ChatBot, todos os integrantes da empresa tem acesso aos principais conteúdos referente aos nossos parceiros (Google, Workplace e Zendesk) para base de conhecimento e maior capacitação interna.



3. Otimização de Processos

A ação de otimizar processos é uma forma de realizar atividades mais assertivas em menos tempo com melhores resultados. Para uma experiência mais inovadora temos os ChatBots focados em melhorar os procedimentos internos para o aumento de demandas.

Dentro do Hackaton Alest, também foi criado o Delfim, o golfinho do suporte. O intuito do Delfim é de utilizar os seus recursos para o setor de Suporte Técnico da Alest de forma que a equipe resolva problemas diversos dos clientes G Suite rapidamente com inúmeras integrações.



Você sabia que os ChatBots podem ser implantados no Workplace by Facebook?

A Alest, como consultoria 100% digital, é especialista em desenvolver e implantar os ChatBots de forma democrática para a sua empresa com a nossa experiência em Machine Learning (aprendizado de máquina) com plataformas de desenvolvimento de ChatBots que se integram ao Workplace de forma amigável para os seus colaboradores alcançarem seus resultados usando a interatividade digital. 

Estamos dispostos a entender o cenário, junto com Você, da sua organização e lhe apresentar soluções que lhe atendam e ajude-o a crescer cada vez mais! A Alest vai te ajudar!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.