Projetando o Futuro do Trabalho | Parte 3: Mobile First

Na parte 3 da série "Projetando o Futuro do Trabalho", exploramos porque os ambientes corporativos bem-sucedidos no futuro serão repletos de Conectividade, logo, Mobile First 📲

Primeira vez aqui? Acompanhe nossa introdução na Parte 1

O que é Mobile First? 


"Temos + celulares do que pessoas. Até 2017 serão 10 bilhões de smartphones.", 
diz uma pesquisa realizada pela Cisco.





Segundo um dos estudos da GSMA, o Brasil é o país com mais smartphones conectados da América Latina. Até o fim de 2017, foram contabilizadas mais de 234 milhões de conexões, e a tendência é que esse número seja cada vez maior. Além disso, o tráfego de dados via mobile aumenta, em média, 50% a cada ano.

As estatísticas sobre dispositivos móveis falam por si: 61% de todo o tempo gasto on-line no Reino Unido acontece em um dispositivo móvel (esse número é de 71% nos EUA e 91% na Indonésia); a usabilidade móvel é de 84% na Europa, 80% nos EUA e 66% na Ásia-Pacífica; enquanto o próximo bilhão de pessoas que ficarem on-line na África provavelmente nunca colocará os olhos em um desktop.



Sabemos que a próxima geração de trabalhadores estará ligada a seus telefones, não a suas mesas. Isso significa que precisamos projetar experiências incrivelmente simples de executar em qualquer lugar.

Experiências como o Workplace Chat, que traz todos os melhores bits do Facebook Messenger - uma plataforma que mais de 1,3 bilhão de pessoas usam no celular todos os meses - para um ambiente de trabalho, tornando as comunicações instantâneas por voz totalmente intuitivas, independentemente de você estar em um escritório, na fábrica ou o campo.

A revolução móvel andou de mãos dadas com uma mudança impactante na maneira como nos comunicamos! Essa mudança inspirou a parceria Alest & Workplace, e estamos rumo ao nosso próximo princípio-chave que vamos compartilhar com você. 

Quer saber como direcionar os benefícios estratégicos do Mobile First à sua organização? A Alest te mostra!



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.